quinta-feira, setembro 25

Outono


Poema" O Outono "

Outono tempo de escola.
Outono partida das andorinhas.
Outono apanha das maçãs.
Outono: azul, branco, cinzento. Assim se põe o céu.
Outono começam as folhas das árvores a cair.
Outono folhas amareladas, roxas, castanhas, vermelhas, alaranjadas.
Outono árvores despidas, arbustos secos.
Outono descasca-se o marmelo, faz-se a marmelada e a geleia.
Outono: secos figos, doce de amora, apanha da romã.
Outono o homem faz a lenha.
Outono chuva, vento, trovoadas.
Outono dias nublados.
Outono do guarda-chuva, do guarda-fatos: casacos de lã, botas, luvas, gorros, cachecóis.
Outono, tempo de caça e espreitar cogumelos no campo.
Outono tempestades recolha em casa.
Outono, magusto, São Martinho, fogueira, castanha e vinho novo.
Outono geadas, matança do porco.
Outono fumeiro, alheiras, alcaparras.
Outono, terminas com avelãs.

Poema do Outono / alunos da turma E 3º e 4º anos
EB 1 de Carrazeda de Ansiães

3 comentários:

Anônimo disse...

é bom saber que alguém se ocupa com o aprender e com o saber

Nélia disse...

Bonito trabalho
um poema simples, no entanto, muito completo

Anônimo disse...

Aqui se prova que se pode fazer poesia mesmo sem rimas.